Família êh! Família ah! Família!

29 02 2008
Imigração japonesaSéculo XXI começando e abrindo as portas para o mundo, em 1908 os primeiros imigrantes japoneses comparecem aqui às margens do Brasil (uma viagem de meses em navios nada confortáveis)e eis que esse ano comemoram 100 anos de imigração.

Sendo eu de descendência nipônica, o que chamam de terceira geração – sanssei – me sinto orgulhosa de saber que faço parte da história da comunidade japonesa no Brasil. Outro dia zapeando os canais da tv assisti a uma matéria sobre o “Memorial do Imigrante”, comentando sobre todos os imigrantes que passaram por lá até antes do começo do século, o que é legal pois há história de todas as nacionalidades que migraram para cá. Para quem não sabe o memorial funcionava como uma espécie de hospedagem para os recém-chegados, até que se arrumassem pelas nossas terras.

Hoje, a hospedaria dos imigrantes virou museu e conta com uma infra-estrutura riquíssima sobre a história de nossos antigos parentes (supondo que você leitor, tenha algum parente imigrante que tenha passado por lá). O mais legal é poder pesquisar o nome da sua família e saber quando eles desembarcaram aqui, para acessar esse mecanismo de busca por aqui é só clicar no link acima – a pesquisa de nomes é um dos destaques da homepage. Alguns sobrenomes podem ser um tanto difíceis de se achar pelo fato da pronúncia, o nome da minha avó, por exemplo, está bem longe do que realmente é, mas não é algo que seja difícil é só tentar escrever as pronúncias possíveis.

Vale a pena navegar pelo site do museu, e dar uma olhada na programação. Um bom programa para se fazer em família.

Para quem também é descendente de japoneses ou gosta da cultura e quer acompanhar os festejos há outro site pesquisado, o Nippobrasilia  que dispõe o endereço de outras páginas que apresentam as agendas das comemorações para esse ano em algumas cidades brasileiras.