Então é dia dos namorados s2

2 06 2009

Um brinde a dois

Um brinde a dois

Sabe o que é mais engraçado no dia dos namorados? o desespero de alguns, a felicidade de outros, a indiferença de muitos e o faturamento do comércio. =)

Mês passado um site de relacionamentos produziu uma passeata para as solteironas que estavam em busca de namorados, eu até me surpreendi com uma moça de 22 anos que diz estar a 22 anos sem namorar, oh coitada. Porque será que as pessoas dão tanta importância para isso, não é?

Estar namorando alguém não é segurança de nada, nem que nunca mais vai ficar solteira, ou que está abalando total por ter um alguém que te ama ( e as vezes nem ama tanto assim), namorar é um estado da alma, saca? Aquela vontade de estar com alguém mesmo quando ele está um porre e você de TPM se irrita com ele mexendo o pé debaixo da mesa. Namorar é permitir que um certo alguém te faça companhia, seja seu cúmplice, seu saco de pancadas, sua fonte de carinhos e mimos.

Tá certo que não é sempre que a gente acha as pessoas certas, e nem sempre que as pessoas que a gente acha que são certas estão afim de que nós sejamos as certas para elas também, mas daí a fazer passeata… ( eu ainda não me conformei, rs).

Não sou uma das pessoas ranzinzas que odeia o dia dos namorados, tanto porque esse será meu primeiro dia dos namorados com o meu, e estou morrendo de vontade de passar esse dia com ele, mas não para trocar presentes ou porque é o dia dos namorados, mas é porque será aquele tempinho que eu esqueço dos meu compromissos de trabalho e faculdade e posso curtir com ele o tempo friozinho.

E para quem não tem namorado Vânia, não seja injusta! ok, eu já fiz parte desse grupo de pessoas, fiquei 3 anos sem namorar ninguém, primeiro porque não queria, segundo porque sustentava um inconformismo com meu ex (eu sou uma pessoa que não se conforma muito mesmo, ahahah) e terceiro porque finalmente decidi que não tinha que procurar e que na hora que o alguém aparecesse o bip ia tocar, entendem?

Porém, esses anos me permitiram aprender certas coisas, que gostaria de passar para vocês leitores:

  • Dicas para quem não tem um namorado(a):

– De qualquer forma é um feriado prolongado, então viajar e rever amigos é um ponto forte na lista, mas você também pode se empaturrar de besteiras e ficar dormindo o tempo todo, afinal, todo mundo adora um tempo livre.

– Sabe aquele livro que está pela metade faz um tempo? Gente, ler é bacana. Trate de ler o livro e de sair para uma livraria para comprar a continuação, daí você ainda pode conhecer outras pessoas nessa ida a livraria.

– Passear com seu cachorro, pois o cachorro é o melhor amigo do homem, e da mulher e ele são lindos e te deixam feliz não importa a ocasião.

– Jogar vídeo game, é isso mesmo, certeza que seu primo, irmão pirralho, amigo geek devem ter uns jogos legais, além de desestressar, dependendo do jogo, até emagrece, sabe o Wii fit? então, experimenta.

  • Agora, a versão dicas para quem tem namorado(a):

– Por favor, não se encane com os presentes… se você comprou um presente de 1000 reais e ele(a) um de 100, desencana do preço, o importante é que o presente foi comprado pensando em você, e mais, combinar a faixa de preço as vezes ajuda.

– Nada de dar piti porque você quer romantismo e seu par só quer saber de dormir, aproveite para dormir juntos e descansar, romantismo também se encontra nas pequenas coisas.

– Viajando juntos? Bacana, mas ainda assim passar 100% do tempo grudados pode acarretar pequenas brigas, enquanto ele(a) toma banho, leia alguma coisa, saia para tomar um ar fresco, individualidade em pequenas doses também ajuda.

– Você quer fazer um programa X e ele um Y? Conversem, é batido aquela coisa de que a conversa é que mantém a relação, mas no final todo mundo sabe, e quando está bravo não costuma aplicar muito, não é mesmo?

Enfim, o post foi algo mais temático, até parece artigo de revista feminina (quem sabe um dia não me convidem para ser colunista), mas sei que vai ajudar bastante gente, principalmente a galera que sai em busca de dicas pelo Google, a maioria das minhas visitas é proveniente de lá, e o WP que não me permite colocar nem o Adsense… =/
E também notei que a linha de posts do meu blog é torta, preciso voltar a sustenta o bom conteúdo, mas se você chegou a ler essa linha é porque eu ainda não perdi a minha capacidade de prender meus leitores, yey! =)

Have a nice Valentine’s Day!

Anúncios




Carnaval… em fuga!

17 02 2009

Ok gente, deu para notar que não sou muito fã dessa época do ano da qual milhares de brasileiros anseiam o ano todo, mas antes de iniciar o post, vamos a um momento de nostalgia e justificar essa não-preferência nacional que eu tenho:

Desde pequena tanto meu pai quanto minha mãe ouviam o bom e velho rock, cresci ouvindo Rolling Stones, Led Zeppelin, Beatles, Alice Cooper e muitos outros artistas da época deles, nunca vi nada de samba reinar sobre aquele toca discos. Na época de carnaval, a gente ia passear, ou meu pai alugava filmes, e só viam por curiosidade o resultado dos desfiles.
Ao entrar na escola que finalmente comecei a conviver com os amiguinhos que gostavam, e juro que tentei ver se tinha jeito pra coisa, mas o meu samba parece mais um “matar baratas” do que aquela coisa que dizem que todos brasileiros possuem, a ginga. Meu gene dominante deve ter sido o de japonês, que mal sabe rebolar ^^

Conforme fui crescendo fui me virando nos 30 para driblar essa época que gruda em todos os lugares que você possa imaginar, no rádio, na Tv, na internet, nas ruas, na casa da vizinha, na praia… enfim.

Começando então o post =D

Se você é uma pessoa que samba que nem mata barata, ou limpa o pé (como se tivesse pisado em caquinha de cachorro) então é aqui que você poderá ver dicas para fugir do carnaval.

Existem atividades legais e saudáveis para se fazer nos finais de semana e feriados, como o Arborismo (disponível em alguns Sescs espalhados pelo Brasil), passeios pelo centro da cidade de São Paulo (incluindo guia), visitas a museus e teatros, assim como assistir a um bom filme nos cinemas, e se formos contar essas atividades, preenchemos os 4 dias e meio de carnaval 😉

Outro opção, mas daí vai um pouco de grana a mais, é optar por fugir das cidades grandes em direção oposta ao litoral, que no meu caso destina-se a uma cidadezinha chamada Santo Antonio do Pinhal a uns 20 minutinhos de Campos do Jordão. O bom dessas cidades do interior, é a variedade de passeios gratuitos e diferentes que você pode fazer para relaxar e aproveitar seu tempo livre.

Dentre os passeios mais legais estão: fazer trilhas, andar de teleférico, andar de trem por entre as cidades (tipo um bondinho), pescar, e visitar fábricas de chocolate e de cerveja.

A maioria das cidadezinhas do interior possui sites legais com todos os passeios que as cidade pode te proporcionar, sem contar que as pousadas têm uma diária até que em conta por ser época de baixa temporada (embora haja aquele pequeno aumento por ser um feriado prolongado).

Agora, só não vale você ficar sentado na sua casa resmungando que só vê carnaval na sua Tv, bora saltar da cadeira do pc e planejar as atividades do seu carnaval =)

E para aqueles que curtem o carnaval, mas que gostaram das ideias dadas aqui, coloquem em prática na páscoa, quem sabe né?

Até mais!