Novo blog na área

14 09 2011

Nossa, primeiro preciso pedir desculpas para os leitores do Basculante, é que o WordPress enviou email há um mês dizendo que em um processo de manutenção deles algumas senhas sofreram risco de exposição e a minha estava entre uma delas, só que para mudar e resetar a minha senha tive que dar umas voltas e acabei tocando um projeto paralelo que há algum tempo eu havia comentado por aqui.

Todo mundo que lê o blog sabe que eu cursei Letras na USP, que saí do emprego (ainda estou sem nenhum, se interessar a alguém), e que além de estar procurando, também tenho feito freelas de textos, o que soma um tempo do meu dia, porque afinal, também preciso pagar contas. Daí, que tomada pela onda de blogs de moda e pelo meu fascínio pelo assunto, acabei criando o blog Zíper Chique, um blog que fala só sobre moda e beleza, não apenas no mundo das roupas e acessórios, mas também de assuntos diversos que estejam na moda. Como o WordPress é uma plataforma muito massa, mas que não deixa colocar anúncios para a gente ganhar dim dim, tive que migrar de volta para o Blogspot.

Então, eu vou continuar com os dois blogs, esse falando de conteúdo que der na telha e o outro em uma pegada mais séria na tentativa de engatar algum patrocínio, parceria, e dinheiro. Se vocês puderem ajudar, e para aquelas e aqueles que se interessam, por favor deem uma passadinha por lá e ma ajudem a aumentar as visitas, quando eu alcançar uma média de 100 visitas por dia, vou colocar o Google Adsense.

De qualquer forma, obrigada pelas visitas e pela força. Bjão!

Anúncios




Na onda colorida dos esmaltes

18 11 2010

Esmaltes, aos montes - By Maiara =*

Essa semana que passou pedi às minhas amigas que fizessem uma listinha de presentinhos que mulher precisa e gosta para que pudéssemos trocar simbolizando o natal. A Maiara mandou a lista mais colorida que eu já vi, até brinquei que parecia lista de uma garota de 12 anos, mas tem sido uma das mais divertidas de ir atrás.

Um dos itens da lista dela são vidrinhos de esmalte, que a gente compra uma cor ou outra quando acaba aquela cor que quebra galho e combina com todas as roupas. Mas, ao pesquisar as cores que ela quer, e a marca importada que tem feito sucesso por viciadas em esmalte, até eu me empolguei. Existem diversos, inúmeros, coloridíssimos blogs de meninas, mulheres e fãs de esmalte que dão dicas, misturam tendências e mostram aquilo que está na moda. Não agüentei e fui atrás de duas cores que eu queria, amarelo e um tipo de rosa meio fosforescente, comprei os dois daquela marca Mohda, por R$1,60 cada, recomendo: Shortinho 026 (amarelo) e Balone 028 (rosa fosforescente).

Fui atrás para saber como surgiu essa mania feminina pelo esmalte, aqui chamamos de esmalte de unha, em português europeu é verniz de unha, em inglês nail polish, em espanhol esmalte de uñas, em francês vernis à ongles. Segundo o Wikipédia (mesmo que não seja 100% confiável, a gente acredita), já havia origem de cuidados com as unhas no Egito, Roma e China antes de Cristo. Uns tingiam, outros poliam, deixavam crescer, perfumavam, até que em 1925 lançaram um protótipo de esmalte rosado, mas que não se pintava a unha inteira.

O primeiro esmalte que conhecemos nos dias de hoje foi lançado pelos irmãos Revlon em 1932 (quando a marca nasceu). Houveram modificações na fórmula nos anos 70 e 80, para a duração fosse maior, e outros apetrechos pudessem ser misturados, como glitter.

Hoje em dia há salões especializados em cuidados com as unhas, efeitos de pintura, linhas novas com cores diferentes, tendências que vem e que vão, e a mulherada adora. Alguns homens costumam pintar as unhas com base também, para proteção, menos Cristiano Ronaldo que pinta de preto as unhas do pé e até hoje não pude pensar numa boa justificativa.

Se você jogar esmalte no Google, milhares de blogs de dicas vão aparecer, daí a gente fica louca com as cores que as blogueiras testam e saímos atrás dos benditos em perfumarias na hora do almoço (isso para pintar as unhas que duram em média uma semana).

Segundo o que pude investigar hoje, as cores do verão são compostas de tons fosco, holográficos e até 3D. Só não descobri ainda como é que faz para combinar as unhas com as roupas, porque eu ainda não consigo usar uma camisa vermelha com as unhas roxas, para mim não dá, não combina.

Vou fechar o post com uma listinha de blogs legais sobre esmaltes:

http://tudosobreesmaltes.com/

http://cantinhodoesmalte.blogspot.com/

http://tani-p.blogspot.com/

http://www.nosamamosesmaltes.com/

http://www.viciadasemesmaltes.com

http://www.loucasporesmaltes.com.br

http://www.maofeita.com.br/





Sites de descontos

23 10 2010

Em meio ao meu navegador, browser e echofon eu costumo prestar pouca atenção aos pop-ups da vida, não sei se é algo que meu cérebro já se

Poupando dinheiro, saindo mais

Poupando dinheiro, saindo mais

acostumou a não prestar atenção, ou se é de mim mesma. Fato é que andei prestando atenção no Orkut, facebook e até no meu site de dicionário online que costumo consultar no trabalho, todos eles tem divulgado cupons de descontos de diversos sites para conhecer e freqüentar diferentes lugares.

E eu achei isso demais. É demais porque faz com que a gente saiba que existem lugares que a gente nunca pensou em nem sequer perguntar para não ter aquela impressão de ‘pobre’, ou de ‘universitário sem dinheiro’ (que a maioria de nós somos), e o lugar que muitas vezes tem coisas acessíveis perde possíveis clientes. Uma das coisas que reparei quando viajei e que sempre comento é que São Paulo não sai perdendo em atrações e variedade das cidades de Londres e Paris, principalmente em baladas, moda, cultura e gastronomia. A diferença é que muito mais gente freqüenta esses circuitos por lá e por aqui existe o pré-conceito de que as únicas pessoas que podem pagar por um pouco a mais de luxo, não são as de classe C.

Por conta disso sites como: Peixe Urbano, Clube Urbano, Kekanto, Guia Mais, Privalia dentre outros ganham cada vez mais usuários e seguidores, para conseguir acesso à aquilo que muitas vezes é para poucos.

O esquema de todos os sites geralmente é o mesmo, eles colocam as principais ofertas do dia em destaque para chamar usuários, os interessados de cadastram e recebem todos os dias descontos que podem ser fechados se determinado número de pessoas também quiserem a promoção em questão. Meu chefe conseguiu uma sessão de massagem por R$40,00, uma hora de duração, minha amiga conseguiu um pacote de drenagem linfática, minhas outras amigas vivem conseguindo acessórios de marca e jantares em restaurantes cools por preços mais em conta.

Eu gosto de escrever resenhas nesses sites para compartilhar os lugares que eu vou e recomendo, assim todo mundo pode mudar o Faustão de domingo e ir atrás de coisas diferentes para fazer.

E vocês? Indicam mais sites que dão descontos que valem à pena?

Via twitter eu vi que existe a sátira Pobre Urbano, muito bom.





Conhecimento e atualização em cliques

22 10 2010

Há uns tempos atrás quando a internet ainda era discada algumas profissões que temos hoje em dia não tinham ainda nem cogitação de existir, principalmente as que lidam no cotidiano do virtual, digital.

Hoje em dia topamos no Twitter e em sites de vagas com várias vagas de: analista de mídia, analista de rede social, redator de conteúdo online, webdesigner, freela de 3D, jornalista web e dentre outras tantas profissões que a internet abriu leque. Lembro que quando fui prestar vestibular eu queria primeiramente ser publicitária (isso aos 17 anos, antes eu quis ser arquiteta, ufóloga, desenhista e cantora de uma banda pop) até que ouvi na TV que o mercado estaria entupido nos próximos 20 anos, mudei de idéia e percebi que tinha talento para escrita, então me meti nessa de virar blogueira aos 16 anos, manter o hábito até os dias de hoje, ser assistente de comunicação e editora/redatora do site institucional da minha empresa, heheh.

O ponto desse post, porém, é lembrar que o mercado sempre muda, e que embora haja tendências disso ou daquilo, a gente precisa ficar esperto em seguir aquilo que é realmente relevante para nossa carreira. Uns tempos atrás escrevi um post falando sobre o fator essencial de profissionais da comunicação e do design terem portfólios online, principalmente para ajudar na divulgação dos trabalhos e não depender do mercado que vive instável e taxando as vagas e pessoas que aparecem para concorrer por elas.

Uma ação super legal que veio com a internet são os cursos online, outro dia resolvi fazer um de assessoria, para aprender sobre as tendências dos novos releases, no começo fiquei meio cabreira achando que não ia aprender nada, mas confesso que foi uma das experiências que mais me surpreendeu nesses últimos tempos, além de achar o conteúdo muito útil, a aula era interativa e o professor deu muito material para consulta e pesquisa. Incrível não? Para quem quiser experimentar um curso desses na área de comunicação o site é: http://www.comuniquese.com.br/

Já meu namorado que é designer, prefere procurar por tutoriais na internet, ele diz que ajuda a tirar as dúvidas de ações específicas que ele precisa saber e é geralmente de graça, mais um ponto para a internet. Mas, não fiquemos dando glória apenas para aprender via web, os cursos presenciais ainda estão no topo da minha preferência, mas hoje em dia ninguém mais pode dizer que não tem recursos para se especializar mais na área, não é mesmo?

Para quem quer fazer cursos na área de gestão e administração a FGV também tem cursos online que dão certificado, mas é sempre de uma forma mais restrita, para mais informações: http://www5.fgv.br/fgvonline/cursosgratuitos.aspx

Isso dentre tantas outras áreas que também tem seus sites para ajudar o povo a ficar mais atualizado na carreira, sem gastar muito ou sair de casa. Afinal, um fator decisivo para o crescimento do desemprego é a falta de mão-de-obra qualificada.

Antes de finalizar o post quero mostrar dois portfólios de design, um do meu namorado o Vinícius Marques e outro de um amigo o Rodrigo Rezende, não só ajudando a divulgar, mas é um exemplo de profissionais que estudam todos os dias para manter os trabalhos com qualidade, fica a dica.

Portfólio Vinicius Marques - 3D e 2D

 

Portfólio: http://viniciusxmarques.carbonmade.com/

Atualmente trabalha como freelancer na área de 3D no setor de arquitetura e design de interiores. Também tem experiências e trabalhos com 2D, utilizando o Photoshop.

 

Trabalhos em 2D e webdesign

Portifólio Rodrigo Rezende: http://cargocollective.com/rodrigorezende

http://www.behance.net/rodrigorezende

Rodrigo trabalha atualmente como designer numa agência de comunicação, mas também faz freelas de 2D e webdesign, além de trabalhar no projeto de um site para eventos, o Ache Aqui Eventos.





A comédia contemporânea gera reflexão

4 09 2010

Caros e queridos leitores, primeiramente minhas desculpas. Ando sumida do meu blog e até mesmo da internet, embora eu use a internet 6hs por dia, 30hs por semana, isso se dá por acesso do meu emprego, e que embora eu trabalhe com comunicação, principalmente digital, a empresa funciona no modo obtuso e além de bloquear vários sites, ainda gera um relatório das coisas que eu acesso e que vai direto para a mesa do meu chefe.

Claro que, como boa funcionária eu não abuso da pequena liberdade que eu tenho, mas isso resulta no meu cansaço da internet e de computador, por isso quando chego em casa eu não tenho pique para ligar o PC e pesquisar, ler e fuçar as coisas do meu interesse para que eu desenvolva algo útil e legal e possa publicar para todos vocês, meus queridos. Aliás, o WP sempre dá na busca do Google que tem gente que coloca: o basculante + Vânia, e eu não sou uma pessoa curiosa, mas juro que fico pensando que tem alguém que liga o meu nome ao meu blog e quer saber sobre as novidades, então especialmente a você responsável por essa busca no Google, eu voltei.

Não posso prometer que vou estar aqui com a freqüência que eu gostaria e o blog merece, mas pelo menos para dar uma satisfação, estava pensando em criar um twitter para o blog, assim muitos de vocês poderiam tirar as dúvidas comigo, já respondi a várias pessoas por email – adoro quando vocês me procuram e eu posso ajudar, mas tendo um twitter a ajuda poderia ser muito mais rápida.

Ganhei uma webcam do ZoodoJoo, e até hoje não consegui instalar, mas estava pensando em postar uns vídeos aqui quando não conseguisse escrever, afinal, a gente tem que seguir a modernidade às vezes, especialmente quando se trabalha diretamente com comunicação e mídias digitais. Quando eu era pequena nunca iria dizer isso para minha mãe: – Vou ser uma profissional de conteúdo online e digital e trabalhar com estratégia de mídia digital, no máximo ela iria achar que a queda do banco tinha afetado a minha cabeça de vez.

Vídeos que falam mal, mas falam a verdade

Porém, nesse post eu quero dizer que virei fã do Felipe Neto, primeiro por que muitas das coisas que ele diz eu me identifico, e segundo por

que ele me faz dar risada, não pela quantidade de palavrões, mas talvez pelo sarcasmo. Penso que embora ele fale as coisas e a gente dê risada todas elas fazem a gente se questionar, sobre como os jovens de hoje andam fúteis, como é nosso pensamento político, como muita gente escreve errado, e todos os outros vídeos que eu consegui ver. Hoje temos vários comediantes, por exemplo, o pessoal do CQC, mostrar a realidade de certas situações fazendo com que a gente ria é uma forma de nos fazer refletir. Então a dica do post é: dê risada de forma consciente, e qual a melhor forma de resolver alguma coisa se não de bom humor?

Em breve vídeo meu estreando a webcam (Eliasss vou conseguir!!) e twitter do blog.

Escrevam comentários, eu adoro =)





Fashion Blogs

22 07 2010

Na edição da revista Criativa de maio, há uma reportagem sobre blogueiras que colocaram seus estilos em cliques e começaram a fazer sucesso entre as leitoras web. Eu achei o máximo como cada uma delas consegue colocar em cada foto um pouco de si, e ainda dão dicas de como misturam as roupas e acessórios.

O mais legal foi ver que nem tudo o que elas usam é de marca, prova de que qualidade nem sempre custa uma fortuna. Aqui no Brasil, por exemplo, eu nunca fui muito a favor da C&A, as peças mais legais custam mais caro, e com a faixa de preço próximo a de lojas que gosto e que sei que tem qualidade melhor, e as outras roupas mais em conta, você acaba encontrando pessoas com a mesma peça em cada esquina. Prefiro a Renner, Luigi Bertolli, Zara e outras lojas de departamento que me permitem um leque com maior qualidade, durabilidade e que misturadas a outros acessórios parecem roupas de grife.

Vou recomendar aqui alguns blogs:

The cherry blossom girl

Blog de moda em Paris

Alix Bancourt : www.thecherryblossomgirl.com

O mais legal do blog é a variedade de fotos, além de tirar boas idéias para combinações, e tendências (ela mora em Paris, está uma estação adiantada em relação a nós), há outras fotos legais de ver, com paisagens, e flores, que se a gente reparar, são combinações de cores e texturas. E tem que saber francês, sorte que o blog é mais visual do que textual.

Cupcakes and Cashmere, tudo de bom

Emily Schuman : http://cupcakesandcashmere.com/

Esse blog é bem de mulherzinha, e digo isso no sentido de coisinhas que mulheres adoram. Ela fala de roupas, dá dicas de receitas de doces, artesanato, esmalte… tudo de bom. Ruim só que o blog é em inglês e nem tudo o que ela recomenda a gente acha por aqui, mas até aí, a gente pode improvisar.

Aqui na vizinhança dos blogs brasileiros eu ainda não achei algum que fale da moda daqui, sem utilizar remetentes de algo da Europa, ou América do norte. Por exemplo, alguma garota que compre roupas na José paulino, no shopping cidade jardim e em lojas de rua, e monte looks legais, para mortais conseguirem se vestir melhor. Eu gosto do programa do SBT, Esquadrão da moda, que é nossa versão brasileira do programa que começou na Europa, foi para os EUA e conquistou público por aqui. Recomendo também o livro “Na moda” da Isabella Fiorentino, que é acessível e ensina você a encontrar roupas e montar looks de acordo com seu tipo de corpo.

Fazia tempo que queria escrever algo sobre moda, primeiro porque eu acho que é algo que estuda o comportamento e auto-estima do ser humano, e segundo porque é tão legal! Quando as pessoas se vestem bem, elas são mais dispostas, mais seguras de si. E de verdade, moda não tem a ver com quem tem muito dinheiro, ou é magra.





Identidade pública

7 10 2009

Com o crescimento das redes sociais, dos orkuts da vida e todo o tralálá, muita gente faz cadastro a banca rota e mal sabe aonde está pisando ou navegando – segundo o bom internetês – por conta disso, a gente coloca no poderoso Google nosso lindo nome, e saímos em sites que nem sabemos como fomos parar por ali (no meu caso ontem, que meu perfil do twitter estava no twitter da Índia).

Ainda, tentando mascarar uma privacidade, os sites permitem que você “tranque” suas informações e mostre apenas para seus amigos, ou quem você permitir, mas de um jeito ou de outro, elas estão ali na internet. Se a conta de um amigo seu for hackeada, o cara for com sua cara, ele rouba suas informações e sai espalhando por aí, a internet nào é um porto seguro, fato.

Por isso, famosos como a Xuxa, tentam processar sites como o twitter achando que eles são os responsáveis por permitir que haja barracos virtuais incluindo o nome deles, sendo que o único responsável por qualquer informação sua na rede, é você mesmo. Não sei o quão difícil é para as pessoas entenderem que tudo aquilo que você fala, age, ou expressa pode ser usado contra e a seu favor, em qualquer meio de comunicação, e até nos mais antiquados, como a fofoca entre vizinhas em cidades com menos de 10 mil habitantes.

Mas, poxa, no termo de uso de tal site, prometia que seria protegido todas as minhas informações… sim, mas nenhum site é 100% isento de erros, ou de pirataria, lembra do dia que o Google parou? Muitos usuários forma expostos, e aí, quem é totalmente responsável por aquilo qye vai sair sobre você, mesmo com juramento na bíblia, é sempre você mesmo.

People don't change, and everybody lies.

People don't change, and everybody lies.

A gente acaba criando uma identidade pública na internet, nada é privado, você monta aquilo que deseja mostrar ou ser, posta as melhores fotos no orkut, seleciona as pessoas que vai seguir no twitter, escolhe as comunidades e testes que fará no facebook, mas de qualquer forma, direta ou indiretamente, são informações sobre você, até o Dr. House é capaz de descobrir o tipo de doença que você tem através de testes no facebook, ou o CSI descobrir o crime que você cometeu lendo seus tweets, e não estou só brincando, tudo é material.

Portanto, caro e adorado leitor, até sua entrada aqui no blog é rastreada, seu comentário leva o número do seu IP, dependendo da onde você clicou, ou pesquisou alguma tag, sei como você veio parar aqui, e não, por favor, não se assuste, esse bicho se chama internet, e se você quer ficar totalmente isento de ser encontrado pelo mundo, vá para ilha de Lost.

Não escrevi o post brava não, nem inconformada, mas acho que é legal saber que por onde você clica nesse mundo de bites, e gigas, e o diabo a 4, você é registrado, e que muitas vezes dá para usar isso a seu favor, e não contra. Todos os dias leio emails de usuários que dizem que tal cadastro os prejudica na internet, então caros, por favor leiam os termos de uso, saibam usar aquilo em que se registram.

Recado dado, quem avisa amigo é!

Beijos a todos! #Meliga